Leitura de Calcinha: Poema Erótico #001

Sexo da Flor

sexo da flor

E bailávamos no salão

Ela vestida de estrelas e eu de paixão

Nuvens cobriam sua feminilidade

E na música mostrava suas curvas com sensualidade

Senti perfume de flores dentre seus seios

E entre seus lábios devaneios

Descobri seu sexo entre estrelas

Nas nuvens abri sua tímida beleza

Era moça durante a dança

Mulher das minhas lembranças

Rocei meu sexo no dela

Sorrindo me pediu pra se abrigar nela

Com você subi as escadas do céu

Provei do teu mais puro mel

Penetrei na sua virgem inocência

Ensinei o vai e vem da penitência

Doeu mas foi por amor

E no meu calor ela dormiu

Despetalei uma menina flor

Que ao amor não resistiu

pagebreak

Retirado do Livro: Primeira Coletânea de Poemas Eróticos
Editora: Usina de Letras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PussyCast © 2013 Frontier Theme