PussyCast 004 – Eu, Tu, Eles, Nós…

PussyCast 004 - Eu, Tu, Ele, Nos - vitrineChegamos pra falar da coisa hipster mais mainstream que já existiu. Relacionamentos abertos estão soltos por aí, sambando na nossa cara o tempo todo. Ou não. Arranque a roupa, pois Ira Croft e Morena Moraes  recebem nesse episódio a linda Gabi Jaloto (ToscoChanchada), o tresloucado Rafael Jacaúna (MundoFreak) e o adorável Rodrigo Naga (CidadeGamer).

Temos essa sensação de que isso é tão comum mas você realmente conhece alguém que viva assim? Porque temos essa impressão? Como funciona um relacionamento aberto? E saiba porque as pessoas acreditam que essa prática é uma solução pra muitos problemas amorosos. Entenda qual a nossa opinião sobre todo esse mundo, que é na verdade super complexo. Então dá o play nesse nosso episódio importante!

Links do episódio:

  • Monogamia – Monotonia? – livro do psicólogo David Barash e da psiquiatra Judith Eve Lipton, que são casados há mais de 20 anos (leia o primeiro capítulo aqui).
  • Aline, na TV Globo – as tirinhas de Adão que viraram série na Rede Globo.
  • Os Três – trailer do filme brasileiro comentado pela Gabi.
  • Regina Navarro Lins é polêmica até entre os colegas mais liberais. Tem mais de dez livros, 15 mil seguidores no Twitter e dezenas de pacientes no consultório. É também uma crítica ferrenha à moral e aos bons costumes, e feminista assumida: condena o pacto de exclusividade presente nos casamentos e o cavalheirismo exacerbado. Leia essa entrevista dada para a Revista Marie Claire.

Reproduzir

14 Comments

Add a Comment
  1. a minha opinião sobre o assunto é a seguinte:acho que desde de sempre monogamia é uma coisa rara hoje em dia,pois querendo ou não,mesmo que algum dos lados não saiba,quase todos traem seus parceiros.eu creio que o conceito de relacionamento aberto,ou menáge coisa do tipo,só funciona quando você consegue distinguir amor de sexo,pois só desta forma você compreende que um relacionamento aberto é viver plenamente sua vida sexual,sem qualquer tipo de egoísmo ou ciúme,pois tenho hoje em dia,depois de algumas experiências,que traição é nada mais do que egoísmo no qual você aproveita pra fazer o que quiser e priva do seu parceiro de fazer o mesmo.Eu curto a idéia,porém você tem que ser muito seguro do seu amor pelo outro,e juntos como um casal,aproveitar o melhor que a vida pode oferecer aos dois, e só acontece quando você é bem resolvido sexualmente.beijo suas lindas…continuem sempre assim..adorei a trilha sonora deste episódio.

  2. Demais esse cast garotas com varios assuntos interesantes sempre acesso o sites de vocês pra ver se tem novidades e assuntos para discutir a respeito com bom humor mas é isso ai continue assim sempre nos motivando meninas bjs tchau.

  3. Olá “Miladies”, o cast está cada vez melhor, o tema abordado é aberto a várias interpretações, cada um pode ter seu relacionamento aberto à própria maneira; importante é saber diferenciar o que é amor, sexo e principalmente respeito ao ser humano que está ao seu lado. Beijos nas calcinhas!

  4. Ola gatas do pussy, quando sai o prox cast?

    1. ainda não temos data certa! 🙁
      mas aguenta que vamos chegar com tudo! 😀

  5. Oi meninas bom dia! Sou o Adriano e falo de São Paulo – SP, tenho 26 anos e hoje ouvi pela primeira vez o podcast de vocês.. Só tenho a dizer que adorei o trabalho e que assinei o feed do site no meu smart.. Vou acompanhar vocês e aguardo ansioso pelo proximo cast.. Parabéns pelo trabalho e dedicação.. Até mais!

  6. Primeiramente, parabéns pelo trabalho Meninas, estou ouvindo pela primeira vez o podcast de vocês.

    Regras em um relacionamento aberto já não é válido, pois a primeira regra é, não existem regras. Quando a pessoa entra em monotomia no relacionamento, ela não se abre para a pessoa e fala o que tá acontecendo. E mais fácil pular a cerca e ficar com outra pessoa só para fugir da rotina. Um outro ponto e as influências de amigos e amigas, pois isso existe, e a pessoa ser total submissa não existe. A sociedade hoje faz com que tudo seja natural sendo que não é, veja como é antigamente no ttempo de nossos pais. Isso existia??? Eu sou defensor da monogamia, infedilidade não é uma coisa normal para gentes que se dizem descentes.

  7. Assunto tenso e polêmico. O grande problema do relacionamento aberto (aliás, até para um menagé) é que requer uma grande maturidade psico-emocional por parte de ambas as pessoas.

    Eu já tentei ter um, mas por conta da imaturidade, não deu certo (= deu muita merda).

  8. Link de download está quebrado…

  9. Olá pessoal!!
    Muito bom o cast (y)
    Eu tenho um relacionamento aberto a 6 anos +/- e somos um casal swinger.
    E claro que temos regras no nosso relaciomento pois tudo na vida tem limites né rsrs
    Uma coisa apenas que não concordo com oq vcs disseram que relacionamento aberto salva casamento ou namoros… Eu acredito que não, pois se a relação não vai bem algo de errado tem, então uma relação aberta pode mto mais acabar com tudo do que realmente melhorar, então mesmo que o casal tenha vontade curiosidade nisso então tem q se resolver entre os dois pra depois se envolver com terceiros. Pq podem surgir brigas ciumes e varias outras coisas!

    1. Jacky, obrigada pelo comentário! ^_^
      Sempre bom ter a opinião de alguém que sabe do assunto, pq eu e Ira somos meras observadoras nesse assunto!
      Quanto a “salvar relacionamentos” isso é algo que sempre vemos por aí, um depoimento aqui, uma matéria acolá, e de repente isso virou fórmula pra não deixar a peteca cair.. mas concordo com você, se a roupa suja não tá lavada, a situação só tende a complicar!

      Beijo, Morena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PussyCast © 2013 Frontier Theme